CHAMA Festival

CHAMA Festival

O Chama Festival é um projeto idealizado pela Casa Chama que teve sua primeira edição em junho de 2019. A proposta do evento é reunir artistas transvestigêneres de diversas linguagens: performance, moda, design, música e artes cênicas, em um evento que amplie nossas redes e fortaleza nossa rede de apoios, valorizando a arte de pessoas trans.

A produção artística de tantas artistas que damos suporte e admiramos é fundamental nesse processo de “transição coletiva” que propomos. Por isso, acreditamos que o encontro de pessoas cis e trans através das rodas de conversa, shows, espetáculos e pistas de danças que produzimos é muito rico e potente.

No primeiro Chama Festival: TRANS/versalidades construímos um espaço seguro para corpas dissidentes se expressarem artisticamente, valorizando seus conhecimentos e vivências. O festival aconteceu no Teatro Oficina Uzyna Uzona, em São Paulo, e contou com uma programação que envolvia artistas da música, performers e estilistas travestis da cena contemporânea, gerando visibilidade e renda para 35 trans artistas. Contamos com o patrocínio das marcas Levi’s e Amstel, mas a maior parte do custo do evento foi coberto com a venda de ingressos e doações de pessoas físicas.

Consideramos que o evento foi um sucesso, tanto para divulgação das artistas, como da Casa Chama. Expandimos e fortalecemos nossa rede de aliades e acolhides, difundido nosso projeto e firmando nosso compromisso com as vidas transvestigêneres. Por isso, estamos em processo de produção de duas novas edições em 2021.

O Festival Chama em Ação acontece entre os dias 25 e 28 de abril, com uma programação totalmente on-line disponível no canal do YouTube da Casa Chama. Essa edição será composta exclusivamente de artistas transmasculines e será uma oportunidade única de exaltar suas produções e resistências. Acompanhem nossas redes sociais para mais informações sobre essa edição.

E em junho de 2021, acontecerá o 2º Chama Festival: TRANS/versalidades, com uma programação cheia de atrações incríveis para garantir uma edição ainda melhor que a primeira. Em breve divulgaremos mais informações sobre essa edição.

2° CHAMA Festival Transversalidades

O 2° Chama Festival Transversalidades além de reunir seus cofundadores, colaboradores e participantes em rodas de conversas e devolutivas, o festival, realizado no Teatro Oficina, apresentou músicos, designers e estilistas transvestigeneres da cena atual. Proporcionou a aproximação entre o público TRANS e o público aliado (pessoas cisgêneras). As transmissões online e gratuita foram no Canal da Casa Chama nos dias 31 de Maio, 1 e 2 de Junho 2021. As oficinas foram as de “Processo criativo: iniciação a discotecagem – Joseph Rodrigues e “A corpa no Vogue” – Zalia, as palestras foram “CorpAs Trans na pandemia” – Neon Cunha e Waldorf, “Como fazer um festival online” – Ana Giza, Casa Chama e BatekooRap em Casa, Cecília Dellacroix convida Brisa Flow para “Processos musicais”. Os Pocket Shows foram de Abert Magno, Veni e Fefa, Véronica Valentino. Vivenciando Música e Performance, nos Shows online na data 03 de junho de 2021, show de abertura da artista Marina Mathey com participação especial de Albert Magno e Veni. Shows de  Alice Guél, projeto Anti Anarco Fake de Mogli Saura, Natt Mataat e Naísa, Mel, A Maia, Brisa Flow com participação da MC Dellacroix, Jup do Bairro, Mona Brutal, Warley Noua. E as performances de TraveShow, Pilas e Xirley, Casa das Candances com Zalia e Warley.

Mulheridades CHAMA Festival

O Pocket Festival Mulheridades, em comemoração ao Dia da Mulher Negra, Latino Americana e Caribenha, 25 de Julho de 2021, a Casa Chama propõe “Mulheridades”, um show em formato online, apresentado no Canal Casa Chama do youtube de artistas, com trabalhos inéditos. Os shows das artistas Mogli Saura e Warley Noua contam com a  apresentação da fundadora Matuzza Sankofa. A filmagem dos shows foi feita no Tendal da Lapa, contando com o apoio de infraestrutura e som, além da estética única do Tendal como cenário.

CHAMA Em Ação Festival

O Chama em Ação foi apresentado no Canal Casa Chama do youtube nos dias 25, 26, 27 e 28 de abril e se focou no protagonismo dos corpos transmasculinos, agêneres e não-bináries. A identidade visual do Chama em Ação é assinada pelo artista Marcos Vinícius. A programação está repleta de shows, com a participação confirmada dos artistas Flor de Muraré, Borblue, All Ice, Caio Transpoesia, Jackie Jean, Dan Abranches, Mascucetas, Kaique Theodoro, Seu Verciah, Rap Plus Size, Tiely, Julian e EME. Também, um solo teatral de Guttervil, artista agênero que aborda e provoca a pensar também nas corpas não-binárias, além de oficinas, apresentadas por Atê Ilê, Quitutes Autênticos e Fudidas Silk; e talks, com mesas apresentadas por Digg Franco, Léo Barbosa, Léo Peçanha, Bruno Santana, Léo Moreira, Daniel Veiga e Aoi Berriel que abordarão temas importantes com foco em narrativas como aspectos jurídicos de direitos de homens trans, educação física escolar e transgeneridades e corpos NB’s na sigla LGBTQI. 

Projeto realizado com recursos do Governo do Estado de São Paulo, a Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, do Programa de Ação Cultural de São Paulo (Proac), do Governo Federal e Lei Aldir Blanc.